Câmara municipal de Alfenas MG A+  
A-  
A 
Buscar no site:

Votação de projeto adiada e requerimentos da noite


Em 23/01/2018 - Votação de projeto adiada e requerimentos da noite

A votação do Projeto de Lei que dispõe sobre a instalação de equipamentos eliminadores de ar nas tubulações do sistema de água foi adiada por 45 dias, a pedido da autora do projeto, a Vereadora Kátia Geralda Silva Goyatá (PDT). Goyatá justificou seu pedido, explicando que quer sanar dúvidas, por meio de pesquisas, para evitar problemas de não execução da possível lei.

A intenção do projeto é que a concessionária responsável pelo abastecimento de água do município instale, por solicitação do consumidor, equipamentos eliminadores de ar na tubulação que antecede o hidrômetro de medição do consumo de água do imóvel, a fim de gerar economias e garantias aos cidadãos. Estes apresentam constantes reclamações sobre “ar na tubulação”, que faz o ponteiro do hidrômetro girar para a frente, registando falso consumo.

 

Requerimentos

A Comissão de Constituição, Legislação, Justiça e Redação Final apresentou requerimento ao Executivo Municipal solicitando informações sobre o Projeto de Lei que autoriza a criação de mais uma Junta Administrativa de Recursos de Infrações – JARI. A Comissão apresentou alguns questionamentos, como por exemplo, qual a necessidade de instituir mais uma JARI no município e quantos membros compõem atualmente a Junta.

Waldemilson Gustavo Bassoto (Padre Waldemilson/ PROS) apresentou dois requerimentos em reunião. O primeiro requer informações sobre o serviço de varrição no bairro Gaspar Lopes e o segundo sobre a atual situação do Restaurante Popular, principalmente relacionadas ao repasse de verba para o local.

Tadeu Donizetti Fernandes (PTC) apresentou vários questionamentos a Procuradoria Geral do município, relacionados à execuções fiscais, pagamento de IPTU e ISSQN e ações judiciais relacionadas ao não pagamento dos impostos.

O último requerimento da noite veio da Vereadora Kátia Goyatá, solicitando a cópia do Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Integral de Educação Infantil e Ensino Fundamental – Escolada Vida e também informações sobre todos os servidores que trabalharão na escola. “O PPP é documento fundamental para o planejamento e acompanhamento das atividades de qualquer instituição de ensino”, comentou a Vereadora.

 

 ASCOM/ Câmara Municipal de Alfenas

Imagem: reprodução