Câmara municipal de Alfenas MG A+  
A-  
A 
Buscar no site:

Audiência Pública colhe depoimentos de alunos sobre abusos sofridos durante ocupações escolares


Em 10/05/2017 - Audiência Pública colhe depoimentos de alunos sobre abusos sofridos durante ocupações escolares

Aconteceu no dia oito de maio a Audiência Pública organizada pelo Câmara Municipal de Alfenas, por iniciativa do gabinete da Vereadora Tani Rose e da Comissão de Direitos Humanos dessa Casa. A Audiência discutiu os processos de ocupação escolares dos alunos secundaristas de Alfenas, com a intenção de fortalecer a apuração das denúncias de abusos cometidos durante a ocupação, escutando depoimentos de alunos, professores e interessados no assunto.

A Audiência contou com a presença de Nilmário Miranda, Secretário de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania do Estado de Minas Gerais, que comentou fatos ocorridos em ocupações em várias cidades de Minas Gerais e manifestou total apoio aos estudantes de Alfenas. Também participaram da mesa de debates Antônio Veríssimo, Diretor de Enfretamento Contra a Juventude da subsecretaria de Juventude do Estado; Wladimir Coelho, representando a Secretaria de Educação de Minas, Luizinho, Prefeito Municipal; Daniel Murad, advogado, membro da OAB e do Conselho de Direitos Humanos da OAB/ MG; Professor Erivélton Giovani, Superintendente Regional de Ensino (Varginha); Dra. Tanilda Araújo, Procurada Municipal; Matheus Paccini, Secretário Executivo da Educação; Marina Gissi, Superintendente da Juventude e a estudante Fernanda Andrade representando os estudantes secundaristas da cidade, junto a Adriana Cristina, representando as mães dos alunos.

A princípio foram colhidos depoimentos de alunos do Ensino Médio que participaram das ocupações nas escolas Juditi Viana, Dr. Emílio Silveira (Estadual), Napoleão Sales e Samuel Engel e também de alunos da Unifal, que participaram das ocupações oferecendo apoio aos secundaristas. Eles apresentaram diversos problemas enfrentados nos dias em que ocorreram as ocupações, comentando a violência física e psicológica praticada pela polícia e pela direção das escolas, segundo os alunos. De acordo com os estudantes, a direção e muitos professores não cumpriram os acordos tratados entre eles anteriormente e dificultaram muito as ocupações.

As autoridades presentes ressaltaram a importância do movimento de ocupação para a cidade, o Estado e o país. Daniela Rosa, socióloga que esteve em três ocupações na cidade comentou que os estudantes “abriram uma fresta para demonstrar o que deve ser o cotidiano escolar”, assim como muitos na Audiência Pública comentaram a importância das escolas oferecem um ambiente democrático para alunos, professores e servidores. Nilmário Miranda comentou que as ocupações foram uma verdadeira aula de educação política para todos.

Também compareceram na Audiência os Vereadores João Carlos Tercetti, Tadeu Fernandes e Antônio Carlos (Dr. Batata). Os depoimentos colhidos em Audiência serão enviados para que os órgãos responsáveis tomem as devidas providências.

 

ASCOM/ Câmara Municipal de Alfenas